Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

4 de set de 2011

SBT 30 anos - Top 8 Novelas Nacionais

Quem seleciona 8 novelas dos 30 anos do SBT é José Eustáquio Jr., nosso parceiro do SBTpedia.

1. Éramos Seis (1994)
Éramos Seis é, sem dúvida, a maior obra-prima da teledramaturgia do SBT. Dotada de um elenco do mais alto nível (Irene Ravache, Othon Bastos, Tarcísio Filho, Osmar Prado, Marcos Caruso e cia), uma trilha repleta de clássicos e uma adaptação de um texto de Maria José Dupré, que já ganhara na Record e na Tupi adaptações de sucesso, Éramos Seis foi o marco inicial de um núcleo de teledramaturgia de grande sucesso na emissora. Não foi à toa que o Troféu Imprensa de melhor novela e melhor atriz ficou com a novela.
De Rubens Ewald Filho e Silvio de Abreu sob o original de Maria José Dupret. Direção geral: Nilton Travesso. Gravada nos estúdios do Sumaré

2. As Pupilas do Senhor Reitor (1994-1995)
Continuando a saga de Éramos Seis, de novelas de época, com bom elenco e texto de qualidade, dessa vez a novela é ambientada em Portugal e foi responsável por trazer ao SBT Débora Bloch e Eduardo Moscovis, as únicas novelas desses atores fora da Rede Globo. Contudo, os destaques da novela mesmo ficaram por conta de Luciana Braga e o Reitor, interpretado por Juca de Oliveira. Na abertura, a clássica música de Dulce Pontes, “Canção do Mar” (Song Of The Sea). Essa mesma música reapareceu no SBT em 2011, como trilha de abertura do seriado Cidade do Crime.
De Lauro César Muniz sob o romance de Julio Diniz. Direção geral: Nilton Travesso. Gravada nos estúdios do Sumaré

3. Sangue do Meu Sangue (1995-1996)
Na mesma linha que as anteriores, Sangue do Meu Sangue era baseada no original de muito sucesso de Vicente Sesso, tendo como pano de fundo o Brasil do século XIX e trazia em seu elenco grandes nomes da teledramaturgia, além de uma abertura das mais ousadas e bonitas da TV brasileira até hoje que, contudo, foi alterada, no decorrer da trama. O grande destaque da trama foi Osmar Prado, que com o vilão Clóvis Camargo, abocanhou o título de melhor ator do Troféu Imprensa, o único até hoje conquistado pelo SBT nesse quesito.
De Vicente Sesso. Direção geral: Nilton Travesso. Gravada nos estúdios do Sumaré

4. Amor e Revolução (2011)
A novela ainda está no meio e a audiência não vem correspondendo, mas merece o 4º lugar do TOP pela marcante produção e pioneirismo. Com direção do renomado Reynaldo Boury e produção-executiva de Sérgio Madureira (que faleceu antes da novela estrear), a novela foi pioneira dentro da emissora ao realizar workshop para preparação dos atores. Além disso, trata com pioneirismo a questão da ditadura militar em uma novela e foi a primeira a colocar o beijo gay no ar (que ficou no quase em Cortina de Vidro, em 1989, também no SBT).
De Tiago Santiago. Direção Geral: Reynaldo Boury. Gravada no Centro de Televisão da Anhanguera

5. Chiquititas (1997-2001)
Chiquititas foi um marco na vida de muitas crianças brasileiras. Comandados pela professora Carolina (Flávio Monteiro), uma turma de crianças aprontavam muita confusão dentro de um orfanato. A inocência que passava, semelhante ao sucesso mexicano Carrossel, tornou Chiquititas a trama infantil de maior sucesso da TV brasileira. Gravada na Argentina, em parceria com a rede Telefe, Chiquititas fez tanto sucesso que ultrapassou as barreiras da TV. Seus CD’s, álbum de figurinhas e bonecas tomaram conta da criançada durante os vários anos de exibição.
De Delia Maunas e Horácio Marshall (original de Gustavo Barrios, Patrícia Maldonado e Cris Morena). Direção geral: Gustavo Luppi, Herman Abrahamsohn, Eugênio Gorkin e Celina Amadeo. Gravado nos estúdios da Telefé na Argentina.

6. Fascinação (1998)
Fascinação foi a segunda empreitada de Walcyr Carrasco como autor no SBT. Ele havia estreado na TV justamente no SBT, com Cortina de Vidro. Em Fascinação, conseguiu fazer um belo trabalho em mais um trabalho de época de destaque no SBT. Famosa por revelar gente como Regiane Alves e Mariana Ximenes, a trama ficou marcada por cenas de enorme apelo dramático, como o apedrejamento de Clara (Regiane Alves) e a cena que esta assiste Melânia (Glauce Graieb) ajoelhada pedindo as escrituras de casa de volta.
De Walcyr Carrasco. Direção geral: Henrique Martins. Gravado no Centro de Televisão da Anhanguera.

7. Uma Rosa com Amor (2010)
Uma Rosa com Amor foi o primeiro trabalho de Tiago Santiago no SBT e se tratava da adaptação de uma novela de sucesso de Vicente Sesso, exibido pela Rede Globo na década de 70. A história de amor de Serafina (Clara Marins) e Claude (Cláudio Lins) conquistou a todos pelo humor e leveza e trouxe em seu elenco nomes como a o pai conservador Edney Giovenazzi (Giovanni), a mãe aconselhadora Betty Faria (Amália) e a fofoqueira Jussara Freire (Dona Pepa), que desfilavam pelo bairro do Bexiga, em São Paulo.
De Thiago Santiago sob o original de Vicente Sesso. Direção geral: Del Rangel. Gravado no Centro de Televisão da Anhanguera

8. Cristal (2006)
Cristal é a única adaptação mexicana que entra no TOP 8. Não porque seja a única de qualidade. Mas foi a que apresentou melhor cuidado do SBT para sua produção e divulgação. Muitas adaptações do SBT eram feitas às pressas, estocadas e sem sequer uma coletiva para apresentação. A chegada de Herval Rossano, junto com uma equipe de diretores como Luiz Antônio Piá e Del Rangel, fez com que a novela tivesse uma excelente qualidade de fotografia e locações. Se não fosse as brigas no elenco e direção, especialmente com Dado Dolabella, a novela poderia ter tido melhor sorte.
De Anamaria Nunes sob o original de Della Fialio. Direção geral: Herval Rossano e Del Rangel. Gravado no Centro de Televisão da Anhanguera

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas