Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

29 de nov de 2011

SBT 30 anos - Top 8 Game Shows*

1. Passa ou Repassa

Passa ou Repassa é, sem dúvida, um dos games-shows mais lembrados por quem passou a infância e a juventude assistindo ao SBT durante a década de 90. A princípio com o nome de Passe ou Repasse, com Silvio Santos, foi com o nome de Passa ou Repassa e espaço próprio na grade, que o programa ganhou grande notoriedade pelas suas provas bem divertidas e competição de perguntas e respostas para grupos de colégios. Gugu, Angélica e, por fim, Celso Portiolli transformaram a atração numa mania nacional, virando até produtos licenciados de brinquedos para crianças e CD’s para os jovens.

2. Corrida Maluca

Simultaneamente à época do Passa ou Repassa, Gugu Liberato investia em um novo formato que faria muito sucesso no final entre 1989 e 1991: era o Corrida Maluca. A proposta era parecida com a do Passa ou Repassa (série de provas para ganhar prêmios), mas as provas do Corrida Maluca, invariavelmente, honravam o título, sendo uma corrida contra o tempo para realizar provas, muitas vezes, bizarras, permeadas por charadas, perguntas e adivinhações para atrapalhar a concentração do participante.

3. Nações Unidas

Após o Corrida Maluca, mais um game ganharia corpo no SBT. Era a vez do Nações Unidas, com uma proposta muito parecida com a do Cidade contra Cidade, que veio da Tupi para o SBT com Silvio Santos. A diferença, é que os participantes representavam diversos países ao invés de cidades. As gincanas da competição sempre buscavam retratar a cultura desses vários países que disputavam. A duração, apesar de efêmera, com vitória do Japão, inclusive, não comprometeu o Nações Unidas de se tornar um dos games mais lembrados da história do SBT.

4. Cocktail

Muito antes das mulheres frutas tomarem conta dos bailes funk da TV brasileira, o SBT escandalizava os mais conservadores ao lançar o sensual game Cocktail, com Luiz Carlos Miéle, onde cada garota representava uma fruta, sendo chamadas de garotas tim-tim. O game entre um homem e uma mulher no palco resultava em striptease quase total dessas moças, que viraram campeãs de cartas (muitas delas apaixonadas, diga-se de passagem) dentro do SBT. Um ano depois de estrear, em 1992, a pressão por sua saída do ar foi aceita. Era o fim de um dos programas mais ousados do início da década de 1990.

5. Curtindo uma Viagem

Celso trouxe um pouco do Passa ou Repassa, programa que comandou em sua última e marcante fase e misturou com elementos de aventura e adrenalina. O resultado foi o Curtindo uma Viagem, programa de enorme sucesso no início dos anos 2000 no SBT, tendo sido exibido aos sábados e aos domingos à tarde. O programa apostava em provas mais bem elaboradas, inteligentes e em externas onde os participantes tinham que realizar disputas que colocavam o medo e a tensão dos participantes à prova, tudo isso em busca de uma viagem para algum lugar do planeta. Em 2007, o programa ganharia uma variação chamada Curtindo com Reais, exibido às sextas-feiras, sem grande sucesso.

6. TV Powww!

Muito antes da febre dos jogos computadorizados, o TV Powww! revolucionava a TV com um game onde o telespectador ligava e participava através do comando de voz (“Powwwww”) e assim acumulava pontos valendo prêmios em dinheiro. Ao longo da história do programa, vários apresentadores estiveram à frente do TV Powww!, dentre eles Christina Rocha, Mara Maravilha e Sérgio Mallandro. Também foi quadro do programa infantil Bozo. Os principais games disputados na atração foram Shooting Gallery, Moving Target, Sharp Shot e Space Battle. É considerado o primeiro game-show com essa interação telespectador ao vivo através do telefone da TV brasileira.

7. Fantasia

“É verão, é um sentimento na cidade... Fantasia, no ar”. Quando estreou, em 1997, o Fantasia fez um enorme sucesso de repercussão, chegando a fazer cair por várias vezes o sistema de linhas telefônicas em São Paulo devido ao congestionamento de ligações. Brincadeiras simples, como a da Batalha Naval, com a participação dos telespectadores, combinado com belas mulheres e musicais, marcaram sempre as 4 fases do programa (1997/1998, 1998/1999, 2000 e 2007/2008), que foi inspirado no italiano “50 Mulheres”.

8. TV Animal

A proposta do TV Animal não era 100% game-show. Além dos games, reportagens e pautas no palco faziam despertar no telespectador a consciência ecológica. Apesar disso, os games na atração ficaram marcantes, principalmente entre artistas testando conhecimento sobre animais, e, em especial, o sucesso do quadro Mão no Bicho, que teria vez em outros programas na casa, como o Domingo Legal. Assim como o Fantasia, o TV Animal passou por quatro fases diferentes com 4 diferentes apresentadores: Gugu Liberato, Angélica, Eliana e Beto Marden.


*Excetuados os programas apresentados por Silvio Santos

Por José Eustáquio Jr., do SBTpedia

2 comentários:

  1. Passa ou Repassa sem dúvidas marcou o SBT. Ficou anos no ar e foi sucesso tanto com Gugu, Angélica e Celso, o que é muito difícil na TV, já que vários programas quando mudam o apresentador, acabam saindo do ar.

    Destaque para os também excelentes TV Animal (exceto o período do Beto Mardem, que já não tinha a antiga fórmula), o Curtindo uma Viagem e o Fantasia, sobretudo a 1ª temporada.

    ResponderExcluir
  2. Que legal esse blog. Sou fã do Senhor Abravannel. Conheça o meu: http://professorgadomski.blogspot.com

    ResponderExcluir

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas