Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

31 de jan de 2012

Trunfo do SBT - Celso Portiolli

A carta A3 do nosso Trunfo do SBT traz o apresentador do Domingo Legal.


Celso é prata-da-casa. Veio do Paraná, onde era radialista e vereador em Ponta Porã, para trabalhar na produção do Topa Tudo por Dinheiro, contratado após enviar boas sugestões para câmeras escondidas. Aos poucos, passou a atuar nas pegadinhas e, dois anos mais tarde, pediu uma chance como animador de auditório e conseguiu seu espaço na emissora.

Apresentou Passa ou Repassa (1996-2000), Xaveco (1997-99), Tempo de Alegria (1997-98), Fantasia (2000),Curtindo uma Viagem (2001-2002), O Conquistador do Fim do Mundo (2003), Código Fama (2005), Charme (substituindo Adriane Galisteu, em 2006), Namoro na TV e etc. (2005-2007), Ver para Crer (2006-2007), Sessão Premiada (2006-2008), Curtindo com Reais (2007), Curtindo com Crianças (2007), Campeonato de Perguntas (2008-2009), e Domingo Legal (desde 2009).

Além de radialista e apresentador, Celso também atuou eventualmente como produtor e diretor dos seus programas. E também possui veia cômica: é um bom imitador e humorista. Atuou nos especiais SBT Palace Hotel (2001) e Chaves Brasileiro (2011), no papel de Professor Girafales.

Amanhã tem mais uma carta no Trunfo do SBT. Que estrela do SBT estará na carta?

30 de jan de 2012

Trunfo do SBT - Moacyr Franco

A Carta A2 do nosso Trunfo do SBT traz Moacyr Franco.


Artista raro de múltiplos talentos, é cantor, compositor, ator, apresentador, humorista, escritor e também político. Moacyr apresentou um dos primeiros programas da emissora, o Moacyr Franco Show (1981-83), que estreara na TVS do Rio de Janeiro, meses antes da inauguração do Canal 4 de São Paulo.

Comandou ainda o A Mulher é um Show (83-84), o Concurso de Paródias (97-98) e Pequenos Brilhantes (99-00). Protagonizou as sitcoms Ô Coitado (99-00) e Meu Cunhado (04-06), da qual era também redator. Atuou também no especial SBT Palace Hotel e fez participações nas novelas Vende-se um Véu de Noiva e Uma Rosa com Amor.

Há cerca de dez anos participa de A Praça é Nossa, no papel de Suspiro (mais conhecido como Jeca Gay).

Confira amanhã no blog a terceira carta do Trunfo do SBT. Qual artista estará nela?

29 de jan de 2012

Colecione e jogue: o Trunfo do SBT

Este blog acaba de completar 4 anos de vida e, para comemorar a data (e também como parte das nossas comemorações pelos 30 anos do SBT), estou retirando - finalmente - da gaveta o Trunfo do SBT!


Alguns de nossos amigos e seguidores já sabiam do que se tratava, pois serviram de cobaias e testaram algumas versões antigas, conforme eu criava e organizava as cartas do jogo. Mas ninguém conhece ainda a versão final, que é esta que começarei a apresentar hoje.

Imagino que todos conheçam e saibam jogar Trunfo, afinal foi um jogo muito popular nos anos 80 e 90. Para quem não sabe, este texto aqui explica tudo.

A nossa versão do jogo, com as estrelas do SBT, demorou mais de um ano para ser apresentada. Saídas de artistas da emissora e um posterior engavetamento, para priorizar o Top 8 dos 30 anos do SBT (série que, aliás, ainda não terminou e também se encontra no momento engavetado) atrasaram o projeto.

Além disso, uma das minhas ideias originais, que era permitir que o jogo pudesse ser jogado on line, não foi para frente.

Bom, chega de papo e já que finalmente resolvi apresentar as cartas a vocês, vamos falar delas.

São 40 cartas, divididas em 4 grupos (A, B, C e D) de 10 cartas cada. Um jogo Trunfo tradicional é composto por 32 cartas, porém precisei ampliar a quantidade para abrigar um maior número de artistas.

Os grupos ou famílias são os seguintes:

A - Auditório (traz animadores de auditório)
B - Boas Notícias (traz jornalistas)
C - Clássicos (traz artistas que passaram pelo SBT)
D - Da Casa (traz artistas dos programas de variedades)

As categorias para disputa são:

Anos de carreira - o maior número vence
Anos no SBT - o maior número vence
Estreia no SBT - a data mais antiga vence
Troféus Imprensa - o maior número vence
Carisma - escala de 50 a 100*. O maior número vence.
Audiência - escala de 1 a 5 estrelas*. A maior quantidade vence.

(*) escalas atribuídas através de critérios puramente subjetivos.

A carta Trunfo do SBT vence todas as demais, exceto a carta A1.

Pequeno FAQ do Trunfo do SBT

P: Qual a carta mais forte do jogo?
R: Não existe uma carta mais forte. Há cartas fortes e fracas. Até mesmo a carta Trunfo do SBT é derrotada.

P: Por que a carta Trunfo não é o Silvio Santos?
R: Porque retrata fielmente a realidade: o trunfo do SBT é outro programa, sem querer querendo!

P: Tá faltando uma porção de gente! Cadê aquela jurada, aquele âncora, aquele...
R: Sim, é verdade. É muito difícil resumir tudo em apenas 40 cartas. Aliás, o jogo original tem 32, já tive que aumentar para caber mais gente.

P: Mas e os caras que ficaram faltando?
R: Caso o jogo faça sucesso, posso pensar em fazer um "extra", incluindo novos grupos.

P: Mas o jogo vai ser disponibilizado no blog para jogar on line?
R: Boa pergunta. Primeiramente vou apenas colocar as imagens das cartas com uma apresentação do jogo e explicações. Estou vendo se consigo achar um jeito de fazer o jogo em Flash, para ser jogado on line.

P: Achei uma porção de erros nas cartas. Dados errados... e não gostei dos valores de audiência e carisma que você colocou, estão muito discrepantes!
R: Bom, os dados são referentes a 2011. Pode ser que estejam errados, mas inicialmente não pretendo mexer em nada, a não ser que sejam erros muito grosseiros. E quanto aos dados de carisma e audiência, foram dados de acordo com meus gostos pessoais e ninguém tem nada com isso!

É isso aí.

Ah, tá faltando a primeira carta! É esta aí embaixo.

A1 - SILVIO SANTOS


Colocaremos uma carta por dia aqui no blog, sempre com uma breve biografia sobre a figura representada. Volte amanhã para pegar a carta A2!

BOA DIVERSÃO!

agradecimentos
Jorge Monteiro
José Eustáquio Jr.
José Marques Neto
Levy Fioriti
Paulo Almeida Prado

28 de jan de 2012

Exposição SBT 30 anos está de volta!

Quem não viu, vai ter mais uma chance de conhecer e ver de perto a história do SBT.

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira, está levando até o Museu da Televisão na Cidade da TV, em São Bernardo do Campo, a exposição SBT 30 anos, que ficou em cartaz no ano passado no Museu da Escola de Belas Artes, em São Paulo.




Com curadoria de Levy Fioriti, editor do site Página do Silvio Santos e parceiro do Baú do Silvio, a exposição histórica do SBT levará ao público diversos objetos, figurinos, imagens e vídeos marcantes das três décadas de vida da emissora e ficará aberta entre 2 de fevereiro e 9 de abril.

O endereço da Cidade da TV é Rua Tasman, 301, São Bernardo do Campo, entrada pelo portão 4.

25 de jan de 2012

Pablo do Qual é a Música reaparece na TV

Augusto Rodriguez ficou famoso por encarnar um tipo esquisitão e performático que, com seu franjão loiro e brilho no rosto, fazia as dublagens das músicas do quadro Leilão das Notas Musicais do Qual é a Música, nos anos 80. Seu nome artístico era Pablo e, além de dublador, o gringo também gravou discos.

Depois, sumiu da televisão para seguir carreira na Europa e até acharam que o camarada estava morto. Mas não estava. Sonia Abrão o redescobriu e o levou a seu programa A Tarde é Sua, da RedeTV. A participação de Pablo foi exibida hoje e pode ser assistida na íntegra no site da emissora ou aqui abaixo:





2 de jan de 2012

SBT 30 anos - Top 8 momentos de Silvio Santos

1 - A Volta de Silvio Santos aos palcos, em 21/02/1988

Um suspense rondou o Brasil no final de 1987 e inicio de 1988: O que aconteceu com Silvio Santos? Estaria ele escondendo uma doença terminal, tendo saído do ar após vários meses apresentando o programa com rouquidão? Ou era mais um de seus caprichos?

A resposta veio depois de quatro semanas sem aparecer na TV. Silvio apresentou durante toda a tarde os programas Qual é a Música e O Dia em Que Você Nasceu, encerrando o dia com o histórico programa Show de Calouros daquele 21 de fevereiro de 1988. Silvio, ao vivo, usou o seu mais famoso quadro pra fazer uma entrevista com o auditório, personalidades, fãs e o seu júri, e ele surpreendeu a todos a revelar coisas íntimas, sua origem, suas vitórias na carreira e sobre seu futuro.

Num dos principais momentos do histórico programa, Sérgio Mallandro questionou seu patrão sobre a perda da sua virginidade, e Santos respondeu de uma forma franca e ousada, gerando muitos risos de todos.



O programa no dia foi líder de audiência, com média de 30 pontos, exibido ao vivo.

2 - Final da Casa dos Artistas 1

Um mês e meio após o seu começo, o 1º reality show da Televisão Brasileira, a Casa dos Artistas teve o seu final no dia 16 de dezembro de 2001.

E foi um final espetacular, com destaques para a junção do programa Terceiro Tempo, da Rede Record, para que pudesse participar a assistente de Milton Neves, Daniela Freitas, na época esposa do “bombado” Alexandre Frota, um dos integrantes e principais destaques do programa.

Além de Frota, que saiu e voltou da Casa, quem foi destaque no programa foi o “Charada Brasileiro” Supla que, enquanto ficou no programa vendeu mais de 250 mil cópias do seu disco.

Mas nenhum dos dois foram os vencedores, quem entrou pra história levando o prêmio de 300 mil reais naquela noite foi a atriz Bárbara Paz, que o público elegeu pela vida sofrida que ela teve na infância e adolescência; e em virtude disso Silvio ficou até emocionado com a vitória da loira.



Programa de maior audiência de todos os tempos no SBT, a final teve espantosos 48 pontos de média, com pico de 55, batendo a Globo que fez apenas 18.

3 - E o Bambu?

No Domingo no Parque existia uma prova em que as crianças faziam charadas para Silvio Santos tentar adivinhar. Eis que, num domingo de 1985, uma menina de óculos faz a seguinte pergunta: "Qual a diferença entre a mulher, o poste e o bambu?". Silvio diz que não sabe, e a garota responde: "O poste dá a luz em cima, a mulher dá luz em baixo." Silvio todo inocente, questiona: "E o bambu?"

Eis que surge a resposta emblemática.



Consternação geral no auditório, risadas histéricas e Silvio não acredita no que ouviu, mas ele consegue reverter a situação brincando com a menina, chamando-a de boca suja e contornando a saia justa com muita desenvoltura.

4 - Carnaval 2001

A escola de samba Tradição convidou Silvio Santos para ser o seu enredo do ano de 2001 no carnaval carioca. O animador aceitou prontamente e ajudou a escola divulgando o samba-enredo nos intervalos do SBT. A música foi a mais popular na Marques do Sapucaí naquele ano.

E até no domingo dia 25 de fevereiro, data do desfile, ninguém sabia se o Silvio ia ou não desfilar, mas em seu programa dominical, logo no início, pra delírio dos fãs, o animador anuncia que estará na avenida.

O desfile foi espetacular, com vários artistas do SBT ao lado do Patrão, como Hebe, Gugu, Ratinho, até mesmo Lombardi, entre muitos outros. Com certeza foi a maior homenagem que ele recebeu em vida.



E pra completar o dia histórico, a Globo transmitiu sem cortes o desfile, claro que os narradores Cléber Machado e Glória Maria tentaram tirar “onda” do homenageado, mas só ficou na vontade.

Dias depois o SBT teve a ousadia de anunciar nos principais periódicos do pais agradecendo a audiência que a Globo teve naquela noite no desfile da Tradição, 25 pontos, a maior do Carnaval 2001.

5 - Silvio de roupa havaiana

No dia 16 de agosto de 1987, mais precisamente no penúltimo bloco do programa Qual é a Música? Silvio surge com a roupa que, segundo ele, usa geralmente quando está em Miami: camisa florida e bermuda havaiana, para delírio do auditório e brincadeiras de Lombardi e do "boss" Renato Petrauskas, diretor do programa.

O motivo do figurino inusitado foi uma aposta entre Silvio e Renato com relação ao nome de uma música, durante a brincadeira da Cabine Musical envolvendo uma freguesa do Baú da Felicidade, no programa do domingo anterior. Silvio foi traído pelo hiato da palavra "ioga" e, acreditando que tal palavra tivesse duas sílabas (na verdade tem quatro), perdeu a aposta.



Silvio ficou com a roupa diferente até o final do Qual é a Música, e ainda fez demonstrações de habilidade ao contrair os músculos dos joelhos!

Em 2011, o Homem do Baú reapareceu nas telas vestindo o traje de férias tropicais, durante as comemorações dos 30 anos do SBT, no Guarujá.

6 - Silvio caindo na água

Um momento histórico de Silvio no SBT foi o dia em que resolveu subir na tábua do tanque d'água de uma das provas do Topa Tudo por Dinheiro. Ele sobe na tábua e poucos segundos depois cai na água,de microfone e tudo, num momento retumbante.



O animador não se contém em dar risada, juntamente com o auditório, que fica embasbacado com mais uma aventura de Silvio Santos. Sabendo que não tinha mais condições de continuar o programa ele termina o evento, de longe o mais engraçado de 1993 na TV brasileira, até hoje o vídeo é recordista de visitações no YouTube.

7 - Ronaldo e Silvio

Quem achava que aos 79 anos Silvio não poderia fazer algo interessante ficou boquiaberto quando ele trouxe ao seu programa o ex-jogador Ronaldo.

Na época ele vestia a camisa do Corinthians, que recebia um patrocínio do Grupo Silvio Santos, e desde então Silvio tentava trazê-lo no programa. Havia boatos de que a Globo barrava a presença do Fenômeno no SBT e até teria ameaçado o Corinthians de evitar de mostrar sua camisa nos jogos transmitidos por ela.

Mas Silvio conseguiu trazer Ronaldo e ficou quase 1 hora batendo papo com ele sobre vários assuntos: Copa do Mundo, Corinthians, sua forma física, etc.



Para variar, mais uma vitória de Silvio, que atingiu a liderança no horário no dia, com 17 pontos, recorde até hoje do seu atual formato de programa.

8- A volta do Gugu para o SBT

Dizem que o mês de agosto é o mês do desgosto, e para Silvio Santos em 1987 ele sofreu o pior baque: a Globo tinha contratado aquele que apontavam como seu sucessor, Augusto Liberato, o Gugu.

Gugu tinha um sonho de fazer um programa vespertino aos domingos; e a visibilidade, as estrelas e o salário polpudo que ele teria na Globo são de fazer qualquer artista ser seduzido, e com Gugu não seria diferente.

Silvio no final daquele ano começou a ter problemas na voz, não estava mais conseguindo fazer o que mais amava, ele achava que o corpo estava falhando, então ele resolveu recontratar Gugu numa transação milionária, aumentando o seu salário em 10 vezes, o tornando o novo milionário da TV, com direito de ir pessoalmente na Globo pra resolver a questão com o então presidente da Globo Roberto Marinho.



No dia 03 de abril, Gugu aparecia pela primeira vez aos domingos do SBT, para reconhecer o terreno, com a batuta de Silvio; O loiro até dividiu a apresentação de Roletrando com seu ídolo.
No dia 10 de abril, Gugu começou a sua escalada aos domingos, com os programas Cidade X Cidade e Passa ou Repassa.

por Jorge Monteiro
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas