Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

30 de set de 2009

O Silvio e eu - com Levy Fioriti

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O DONO DA PÁGINA DO SILVIO SANTOS!



No dia 1º de outubro será lançada a nova Página do Silvio Santos, com novo layout e novo conteúdo. No ar há oito anos, o site é o maior e mais antigo a falar da vida e obra do Homem-Sorriso, servindo de fonte de consulta de milhões de internautas.

Aproveitando o lançamento do novo site, o Baú do Silvio fez uma entrevista exclusiva com Levy Fioriti, o criador da Página do Silvio Santos, na qual ele conta como surgiu sua admiração pelo animador e como se tornou estudioso e pesquisador de sua carreira.

Baú do Silvio: Como você começou a gostar do Silvio Santos?
Levy: Desde pequeno, não me lembro exatamente quando, sempre gostei muito de TV, ou melhor, dos bastidores. Gostava de saber como as coisas funcionavam, e torcia pra câmera "vazar" o estudio sem querer, pra eu descobrir como era... uma das minhas brincadeiras favoritas era pegar caixas de sapato, juntar umas peças e brincar como se fosse uma câmera... mas antes disso, com meus 5, 6 anos (1988/89), domingo era dia de ir na casa da minha avó, e ficar lá o dia inteiro... naquela época eu brincava bastante no quintal, e quando cansava, ia pra dentro... e achava muito "estranho" minha familia ali hipnotizada vendo TV... e aquilo foi também despertando minha atenção, até que chegou a dar briga, porque era hora de ir pra casa e eu não queria ir, porque queria continuar assistindo o Silvio... e acredito que nessa época que comecei a gostar dele. Mais tarde, comecei a admirá-lo mas não somente como animador, mas tentava entender como ele conseguia isso, hipnotizar as pessoas... até hoje não sei qual o segredo, se o carisma, a voz, enfim.. acho que o segredo é sempre tentar ser justo e fazer o que gosta...

BS: alguma pessoa te influenciou ou te incentivou a ser fã do Silvio?
Levy: Minha avó, essa, que ficava na casa dela de domingo, não me influenciou, mas com certeza colaborou. Eu dormia algumas vezes na casa dela pra ficar assistindo o Silvio até o final do programa, e ela sempre assistia comigo. Daí fui crescendo, e sempre que me perguntavam quais pessoas eu admirava, pensava no meu pai e também no Silvio. As pessoas achavam legal, pois é um homem que não tinha nada e conquistou tudo com muito trabalho. Até que o Silvio virou uma coisa bem natural na minha vida, praticamente parte da familia. Lembro muito de brincar com minha irmã mais nova de fazer aviõezinhos de dinheiro do "Banco Imobiliário" e ficar jogando, fazendo ela correr atrás pra pegar...

BS: Você já teve algum problema por gostar do Silvio?
Levy: Acho que problema nunca tive. As pessoas acham legal que eu goste do Silvio, mas quando percebem que admiro muito, acham estranho o fato de eu ser "novo" e homem... as pessoas associam mais essa admiração com senhorinhas que o assistem há muito tempo, mas acho que essa "adoração" não escolhe idade nem sexo.

BS: Qual foi a maior alegria que Silvio Santos lhe proporcionou?
Levy: A maior alegria com o Silvio é ver o que ele consegue fazer quando está no ar... as pessoas se sentem bem vendo seu programa... mas em relação a mim, uma grande alegria foi ter fornecido algumas informações, videos, músicas etc. para a exposição "Silvio Santos - Imagem e Som do Comunicador do Século", que aconteceu no Rio de Janeiro, no Museu da Imagem e do Som, em 2001, onde tinha muita gente ligada ao Silvio, alguns dirigentes do Grupo, as irmãs, filha.. e alguns famosos também...

BS: E a maior frustração?
Levy: Foi nessa mesma esposição, onde até eu ir embora ainda tinha esperança que o Silvio ia aparecer, mas como a Cynira Arruda diz e é de conhecimento de todos, ele realmente não gosta de badalações, festas, agitos.. enfim... outra frustração que tenho é ainda não ter conhecido o Silvio, nem ter assistido nenhuma gravação de seu programa.

BS: Qual foi a coisa mais interessante ou curiosa que te aconteceu por ser fã do Silvio?
Levy: Algumas coisas legais que aconteceram foram algumas emissoras de TV, como a REDE TV e a BAND, ao fazerem reportagens sobre o Silvio, me procurarem para dar algumas informações e ceder imagens de programas. Já participei do programa do Gilberto Barros, o Leão, num desafio de "perguntas e respostas" sobre o Silvio Santos, com outros fãs, e ter sido o finalista. E sendo fã do Silvio, claro que acabei sendo fã do Lombardi, e hoje tenho o prazer de conhecê-lo pessoalmente e trabalhar como diretor do programa de rádio que ele faz aos finais de semana na Rádio ABC já há 6 anos.

BS: Você conhece outras pessoas que gostam tanto do Silvio Santos quanto você?
Levy: Conheço alguns fãs do Silvio Santos, e a internet ajuda muito nesse sentido, no Orkut conseguimos descobrir que tem "louco pra tudo", inclusive outros fãs do Silvio, que hoje são grandes amigos meus, como o dono deste blog, Hamilton, ou o Murilo, que disputou o programa do Gilberto Barros comigo, o Jorge... enfim, muita gente legal que a internet trouxe para perto de mim. Hoje o grande prazer que tenho na internet é conversar e ver novidades sobre o Silvio.

BS: Qual a influência de Silvio Santos na sua vida?
Levy: Desde pequeno, como já disse, sempre fui fã de TV, e o Silvio com certeza influenciou mais nessa admiração. Indiretamente, por causa disso, fiz faculdade de Comunicação, trabalho na área de video e gosto muito do que faço.

BS: Vamos falar um pouco da Página do Silvio Santos. Como surgiu a ideia de ter um site sobre o Silvio?
Levy: A idéia do site nasceu principalmente pela falta de informações mais detalhadas do Silvio. Só existiam algumas poucas noticias recentes, mas nada realmente detalhado sobre o Silvio. Eu já tinha um certo conhecimento e algum material antigo e decidi publicar o que já tinha. Muita gente me ajuda, não "oficialmente". Cada sugestão ou crítica é uma ajuda. A respeito de conteúdo, muita coisa também veio de informações e conversas com outras pessoas...

BS: Quais foram as fontes de pesquisa para seu site?
Levy: Na época, o livro do Arlindo Silva "A Fantástica História de Silvio Santos" ainda não havia sido lançada. Minha pesquisa começou em sebos, com discos antigos, que eu nunca pensei encontrar, e na faculdade, onde a biblioteca tinha várias revistas antigas. Cada vez que encontro uma informação nova, ou uma revista, ou disco, é uma nova motivação para continuar com esse trabalho.

BS: Como o site tem repercutido ao longo desses anos?
Levy: A repercussão é excelente. O site está no ar há 8 anos, já teve 8 milhões de acessos, e como já disse, já fui contatado pra muita coisa por causa dele, como a Exposição e os programas de TV. Até hoje, meu site é um dos mais visitados sobre o Silvio. 8 anos depois, ainda é raro de se encontrar materiais na internet sobre o Silvio. Quando eu vejo que esses materiais vêm de outros fãs, como o Hamilton, que tem o Blog, gosto de contatar, conversar, tentar ajudar, enfim, sempre sei que posso aprender mais coisas e essa troca de experiências que é legal.

BS: Qual foi a coisa mais interessante ou curiosa que já te aconteceu por ter um site dedicado ao Silvio Santos?
Levy: No site, tem meu e-mail de contato e algumas maneiras de entrar em contato comigo. Apesar de dizer que não sou o Silvio Santos verdadeiro e que o site não tem nenhuma ligação real com o SBT nem com o Silvio, 90% das mensagens que recebo são de mensagens enviadas para o Silvio Santos, com pedidos, elogios, admirações...

BS: Você sabe se o Silvio Santos já visitou o seu site?
Levy: Eu acredito que sim. Não recebi nenhum contato diretamente dele, mas já recebi mensagens de alguns executivos do SBT e do BAÚ, da sua assessora de imprensa, de jornalistas, e recentemente da Daniela Beyruti, filha do Silvio, fazendo elogios ao site.

BS: Você é um grande colecionador de material relacionado ao Silvio Santos. Como começou o seu acervo?
Levy: A coleção começou na casa da minha avó. Ela tinha uma revista antiga com uma matéria sobre o Silvio Santos, que só fui ver na época da faculdade. Em sebos, como disse, achei mais alguma coisa, e alguns anos antes eu gravava de vez em quando algum programa da televisão, e comecei a ir juntando o que achava, e ir atrás de coisas novas. E cada coisa nova que acho me dá mais vontade de continuar indo atrás de outras coisas.

BS: qual o item mais raro que você conseguiu?
Levy: O item mais raro consegui no ano passado, em uma viagem de férias na Europa, encontrei um microfone idêntico ao do Silvio, mesmo modelo, funcionando, e praticamente de graça. Alguns meses depois achei outro microfone, em um leilão estrangeiro. O legal é que os microfones são de modelos diferentes, os 2 usados por Silvio... apesar de pouca gente perceber, ele mudou de microfone com o passar dos anos. Uma coisa que considero rara também é um cartão de aniversário que ganhei de um amigo, datado de 1974, escrito a mão e assinado pelo próprio Silvio Santos, parabenizando o fã.

BS: No seu site é possível ver a discografia praticamente completa do Silvio. Você tem todos os discos gravados por ele?
Levy: Tenho praticamente todos, tendo em vista que desde os anos 60 ele lança pelo menos um compacto com 2 músicas. Hoje, tenho em torno de 30 discos, entre compactos simples, duplos, LP's e CD's.

BS: O que você acha que falta nessa coleção, que é praticamente impossível conseguir?
Levy: Faltam alguns discos, muitas revistas, vários tapes de programas antigos... O que acho que é mais difícil, porém, não impossível, são os programas antigos de TV, pois é difícil as emissoras fornecerem, então dependemos de pessoas que gravaram na época. Com isso, temos alguns problemas, na época os videocassetes eram muito caros, pouca gente tinha. Quem gravava, gravava pequenos trechos de várias coisas, e pelo custo da fita, algumas eram apagadas e gravava-se em cima. E com o tempo, muita coisa mofou, ou se perdeu. Mas de vez em quando aparece alguém com alguma gravação, e disposto a trocar... o YouTube é uma ótima ferramenta para se encontrar essas pessoas.

BS: Você conhece outras pessoas que colecionem coisas relacionadas ao Silvio Santos?

Levy: Conheço o Maicon, que tem muitas fotos do Silvio Santos, de todos os jeitos possíveis; o Guilherme, que tem algumas revistas; o Carlos Arruda, um grande amigo que tem uma coleção de fitas antigas fantásticas pela qual tem muito ciúme; o Hamilton, dono deste blog, que em termos de Silvio Santos é muito parecido comigo. Como disse, com a internet cada dia aparece mais um fã, e sempre tem alguma coisa a acrescentar.

BS: Levy, muito obrigado pela atenção conosco e boa sorte com a Nova Página do Silvio Santos.
Levy: Obrigado, Hamilton, pela entrevista, e torço para que tenhamos sucesso nessa nossa empreitada sobre Silvio Santos. Meu objetivo hoje, que estou começando a formular, é fazer exposições sobre o Silvio Santos, em shoppings, galerias, no Teatro Imprensa. Acho que já tenho material suficiente para expor às pessoas e seria muito interessante. Um abraço e até mais!

2 comentários:

  1. bom, Hamilton, obrigado pela entrevista! ficou mais legal do que eu imaginava.. gostei mesmo!!! vou mandar pro pessoal ler tb :) obrigado.. mto sucesso! abraço amigão!

    ResponderExcluir
  2. obrigado, Levy! Espero que você possa continuar sendo cada vez mais parceiro do blog e desejo muito sucesso com a nova Página do Silvio Santos!

    ResponderExcluir

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas