Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

15 de mai de 2011

A primeira grua

Em 1981, Silvio Santos e a maioria dos diretores e produtores do SBT ainda não sabiam para que servia uma grua. Quem conta é Lanora Whitted, da Escola de Televisão e Arte Eletrônica.

Valter Bonasio, diretor de programas do SBT, sugeriu colocar uma câmara instalada na grua para a realização de tomadas do estúdio. Lanora nos conta que houve uma resistência muito grande por parte de todos, pois diziam que aquele monstrengo de ferro iria cair na cabeça das colegas do auditório. Depois de muita conversa, Silvio autorizou Valter a usar aquele equipamento na área do palco.

Bonasio, então, mandou fazer com um famoso maquinista/serralheiro que prestava serviços na “Boca do Lixo”, de nome Manir, uma grua com braço de 5 metros, pagou do próprio bolso CR$ 500.000,00 (quinhentos mil cruzeiros) e alugou-a ao SBT.


Primeira grua do SBT, posicionada à direita do palco, em gravação do Viva a Noite

Com assento para um cinegrafista e contrapeso na base de tijolos, a grua começou a ser utilizada e conquistou imediato sucesso.

Depois de seis meses que o equipamento estava instalado no teatro, todos os programas da casa (inclusive os humorísticos e o Bozo) já estavam alugando a grua do Bonasio, e foi ai que o Silvio resolveu comprá-la e ainda, encomendou mais uma com um braço de 8 metros.



Grua de oito metros de altura, utilizada em gravação do programa O Preço Certo

Atualmente as gruas são utilizadas praticamente em todos os programas de televisão e são indispensáveis em transmissões de futebol, ficando instaladas atrás das traves para tomadas de lances de gol. Em estúdio, são operadas por controle remoto, dispensando o uso de contrapesos e operador humano.


Valter J. Bonasio dirigiu Silvio Santos no “O Preço Certo”, as externas do “Jornal Policial” (o primeiro programa a atingir 21 pontos de audiência na história do SBT) e também foi diretor de “Isto é Incrivel” (versão apresentada pelo Fausto Rocha, Helo Pinheiro, Arlindo Barreto, e Ademar Dutra), “Bozo” (a 2ª. Fase desse programa, - e a de maior sucesso - na qual foram criados personagens como a Vovó Mafalda, e o Salci Fufu, Papai Papudo). Bonasio implantou o setor de treinamento no SBT, coordenou (em 1999/2000) a implantação do primeiro estúdio totalmente digital e em HD da América Latina em parceria SBT/SONY – Japão. É fundador da Escola de Televisão e autor do livro Televisão: Manual de Produção e Direção.

Um comentário:

  1. Pode até parecer engraçado, mas uma das coisas que me fizeram gostar do SBT desde a minha infância eram as imagens que a grua mostrava do auditório. No Viva a Noite, faziam isso muito bem, e nos momentos certos. Só não sabia que já em 81, o SBT usava grua. Achava que este equipamento fosse usado só em 86 ou 87.

    ResponderExcluir

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas