Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

22 de fev de 2008

Sonhei que o SBT tinha feito uma parada...

O ano era mil novecentos e oitenta e sete.
O dia, doze de outubro, dia da Padroeira, feriado nacional.
O local, a cidade de São Paulo, capital do Estado homônimo, originária da vila de São Paulo de Piratininga, fundada pelos padres jesuítas em 1554.
O trajeto, entre o Aeroporto Internacional de Congonhas e o Palácio de Convenções do Anhembi, passava pelas Avenidas Rubem Berta e Vinte e Três de Maio, o Vale do Anhangabaú, a Avenida Tiradentes, e a Praça Campo de Bagatelle, onde está a réplica em tamanho natural do 14 Bis.
O horário, dez da manhã. Mas desde as seis horas já tinha gente se aglomerando nas ruas da capital paulista. Para quê?

Pra ver Silvio Santos e todo o elenco do SBT (naqueles tempos, chamado também de TVS) na Parada do Dia das Crianças. Um dos eventos mais incríveis e inesquecíveis realizados por uma emissora de televisão no Brasil, consagrando seus artistas e os trazendo para bem perto do público. Tanto que chegou a ser indicada ao Troféu Imprensa de ‘Momento mais marcante do ano’. O evento ainda se repetiu por um ano, chegando a levar mais de dois milhões de pessoas para as ruas de São Paulo.

Segundo reportagens da época, Sílvio conseguiu uma consagração de fazer inveja a qualquer político, impressionando tão positivamente os partidos, que candidatou-se à presidência do Brasil em 1989. Silvio Santos encerrava o desfile, de pé a bordo de um Mustang vermelho conversível, acompanhado da mulher, Iris, e cercado por dez guarda-costas com camisetas com o logo da TVS. Tirou fotos com criancinhas no colo e beijou colegas de trabalho histéricas pela emoção de se aproximar dele. Tanta comoção só se viria novamente em 2001, quando o Homem do Baú foi tema do carnaval da Escola de Samba Tradição na Sapucaí, ao vivo na TV Globo.

Os personagens de Walt Disney foram o destaque da Parada em 1988, quando Mickey Mouse comemorava seus 60 anos de criação. Uma jogada da Disney que uniu o útil ao agradável. A Turma da Mônica também participou do evento, em outra ocasião. Como escreveu Guilherme Guidorizzi em seu Central de Notícias (http://centraldenoticias.wordpress.com/2007/10/13/momento-retro-parada-do-dia-das-criancas/), a Parada do Dia das Crianças reunia além dos apresentadores e contratados do canal, carros alegóricos imitando os cenários dos programas. Silvio Santos, Bozo, Vovó Mafalda, Jô Soares, Gugu Liberato, Mara, Feliz, Ary Toledo, Carlos Alberto de Nóbrega, Hebe, Simony, Sérgio Mallandro, o elenco da Praça é Nossa e os jurados do Show de Calouros eram alguns que participaram da Parada.

Em 1988, a parada ocorreu no dia 10 de outubro, uma segunda-feira. Nesse dia, o SBT exibiu um episódio inédito de Chaves: O Dia das Crianças. E criou uma tradição, creio que jamais quebrada: todo dia 12 de outubro esse episódio é repetido. O encerramento do episódio é um videoclipe da canção "É Aqui", em que se cantam os versos "Sonhei que o SBT tinha feito uma parada / E vi com emoção a platéia que assistia... E quem dela não participou / Tristinho então ficou / Esperando o ano que vem". Mais à frente, outros versos diziam: "Depois o Mickey Mouse apareceu / E acenou pra todo mundo que veio participar". O refrão não podia ser mais claro: "É aqui, é aqui / No maior auditório do país! / É aqui, é aqui / O Dia das Crianças é aqui!".

A versão original dessa música é "Cri Cri", composta por Roberto Gómez Bolaños (Chespirito), autor, mentor, criador e intérprete do Chaves, para homenagear o radialista mexicano Francisco José Gabilondo Soler (http://tinhaqueserochaves.50webs.com/cricri.html), muito querido pelas crianças, e não tem nada a ver com a versão adaptada pela dublagem brasileira (leia-se estúdios MaGa, Marcelo Gastaldi e Mário Lúcio de Freitas).

E outra música importante a ser lembrada é o tema da parada: "Pequeno Mundo", versão para o português de "It's a Small World", por Rogério Cardoso, também usada no Domingo no Parque:
"Para ser feliz / É preciso ter / Este mundo azul / Da imensidão / É fazer das tristezas estrelas a mais / E do pranto uma canção / Há um mundo bem melhor / Todo feito pra você / É um mundo pequenino / Que a ternura fez"

O YouTube não nos brindou com muitas imagens de arquivo da Parada do Dia das Crianças. As que sobreviveram ao tempo e a lembrança são as que mostramos abaixo.

Aqui vemos imagens de arquivo narradas por Lombardi, para o programa Eu Compro o Seu Televisor.


O vídeo da campanha presidencial de Silvio Santos em 1989. Aparecem imagens dele da Parada.


Junto com várias imagens de arquivo do SBT, aparecem várias cenas da Parada de 1987.


Em 2008 mais uma vez foi relembrada a Parada, desta vez no Quem Não Viu, Vai Ver. Uma matéria bem completa, porém sem mostrar imagens de Silvio Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas