Este site é desenvolvido por entusiastas e admiradores do artista Silvio Santos e não possui nenhuma ligação com empresas do Grupo Silvio Santos.

19 de fev de 2012

Trunfo do SBT - Hebe Camargo


A Grande Dama da Televisão Brasileira chegou ao SBT em 1986 e durante vinte e quatro anos esteve intensa e intimamente ligada à emissora. No Canal 4 retomou o prestígio e a popularidade que lhe fizeram a fama e consagraram o seu estilo único de apresentar, entrevistar e opinar sobre os fatos do momento.

O programa Hebe (1986-2010) tinha a mais famosa sala de visitas da TV e seus convidados ofereciam um retrato fiel do que era discutido e estava em evidência na sua época. Música, política, economia, artes e comportamento faziam parte do amplo leque de assuntos abertos sobre o famoso sofá que recebia os participantes da atração.

A loiruda também esteve frente ao Hebe por Elas (1991-93), programa de debates no qual mediava os pensamentos de oito convidados, geralmente mulheres. Assim, além de discutir assuntos importantes da realidade nacional, o programa exaltava a participação feminina na sociedade.

Outro programa de debates do qual Hebe fez parte foi o Fora do Ar (2005), no qual tomaram parte Adriane Galisteu, Jorge Kajuru e Cacá Rosset. A novidade deste formato é que se tratavam de quatro amigos com bastante intimidade entre si, o que possibilitava acaloradas e descontraídas discussões e até a revelação de segredos pessoais.

Hebe participou dos especiais Parada do Dia da Criança (1986-88), Romeu & Julieta (1991 e 2003), no papel da protagonista, contracenando com Golias, e do SBT Palace Hotel (2001). É a madrinha da campanha beneficente Teleton, em prol da AACD, e participa do evento desde seu início, em 1998. Mesmo tendo deixado a emissora no final de 2010, Hebe continuou participando da campanha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:

Comentários anônimos poderão ser excluídos.

Os comentários são moderados. Os editores se reservam ao direito de excluir comentários ofensivos, injuriosos, agressivos ou não condizentes com a postura editorial e a proposta deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

As mais lidas